como improvisar solos guitarra

4 Dicas para Improvisar Solos de Guitarra

Quem já teve a oportunidade de assistir as minhas músicas e apresentações pode pensar que nasci com um talento especial, mas a verdade é que eu passei por um processo de desenvolvimento musical.

Vou explicar mais sobre isso nas próximas linhas…

Ao longo de meus mais de 30 anos dedicados a guitarra eu já integrei bandas e projetos autorais, toquei com diversos músicos e em paralelo a isso sempre tive contato com guitarristas de todos os níveis (do iniciante ao mais experiente), porque sempre ministrei aulas e workshops pelo Brasil e exterior.

Essa experiência me permitiu separar 4 dicas que eu considero fundamentais para quem deseja iniciar seus estudos ou mesmo aperfeiçoar a sua habilidade em improvisar solos de guitarra.

Improvisar é a arte de desenvolver frases musicais de forma criativa e espontânea.

Então obviamente não pretendo esgotar o assunto nesse post, mas separei essas dicas que com certeza vão te ajudar bastante a se desenvolver musicalmente.

Vamos as 4 dicas que vão te ajudar na hora de improvisar solos de guitarra?

dicas para improvisar solos de guitarra

1ª dica – Para elevar o nível da improvisação

Para elevar o nível da sua improvisação é importante ter conhecimento teórico sobre as ferramentas rítmicas, melódicas (escalas e arpejos) e harmônicas (acordes) que compõem o universo musical, tendo como objetivo aumentar e melhorar o seu vocabulário de forma consciente.

escalas e acordes para improvisar na guitarra

2ª dica – Fundamentos da improvisação

Um dos principais fundamentos da improvisação (ou guitarra solo) é entender a relação entre acordes e escalas! Ou seja, para qualquer acorde em questão ter uma ou mais opções de escalas para ele.

como improvisar na guitarra?

3ª dica – Divisão Rítmica

A improvisação em alto nível não se faz apenas com um vasto vocabulário melódico (escalas e arpejos), mas também depende muito de um bom vocabulário rítmico!

O estudo rítmico, que envolve primariamente saber utilizar o metrônomo e as figuras rítmicas (colcheias, semicolcheias, tercinas, etc) de forma consciente é uma ferramenta essencial para o seu desenvolvimento na improvisação.

É o que nos músicos chamamos de “TIME” (tempo)! Quando o cara tem um bom “time” qualquer melodia que toca soa musical e sofisticada!

como fazer solos na guitarra de improviso

4ª dica – A improvisação está na sua cabeça e não nos seus dedos

Tenha sempre consciência que qualquer frase musical começa na sua mente e não nos seus dedos! Crie o hábito de cantar (solfejar) suas ideias e tente transportar para o instrumento, isso é uma das formas mais eficientes de musicalização!

Além dessas dicas

A improvisação é um assunto vasto e essas são apenas algumas dicas sobre como você pode aperfeiçoar os seus improvisos e solos na guitarra.

Se você quiser aprofundar o seu conhecimento acesse o meu projeto Improvisando Sem Mistérios, um curso online onde ensino passo a passo tudo o que você precisa para improvisar e criar seus próprios solos.

Essa metodologia reúne aulas em vídeo, apostilas em PDF, playbacks para você improvisar e diversos outros materiais extras. Esse curso é indicado para guitarristas iniciantes, intermediários e avançados.

Clique aqui e conheça o Improvisando Sem Mistérios

Improvisando com alguns alunos

Improvisando Sem Mistérios

Veja oque alguns dos alunos desse curso tem a dizer:

Gustavo, aluno do exterior (Peru)
Aluno do curso da cidade de Penápolis (SP)
Rafael (São Paulo)
Álamo (Paraná)
Curso de guitarra com Edu Ardanuy